No inverno, a lã começa a crescer para ser cortada na primavera

No inverno, a lã começa a crescer para ser cortada na primavera

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC

Confirma-se que a lã, que já foi uma grande riqueza dos campos gaúchos, começa a ocupar, novamente, espaço na economia regional. Depois de haver caído a centavos de dólar o quilo, na crise gerada pela concorrência dos fios sintéticos nos anos de 1960, já vale, hoje, em torno dos US$ 5 a US$ 6, e até mais, dependendo da qualidade do fio, preço altamente compensador para os criadores de ovinos. As lãs mais finas, como a das ovelhas Merino Australiano, estão obtendo preços entre R$ 16,50 e até R$ 20,00 o quilo na região da Campanha; enquanto a da raça Ideal, a segunda mais valorizada, chega a R$ 13,00, e da Corriedale, a R$ 12,00. Um bom carneiro Merino Australiano fornece entre 10 kg e 15 kg de lã, enquanto as ovelhas garantem de 4 kg a 6 kg, em média. Com a valorização, também, da carne de cordeiro, a criação poderá voltar aos bons tempos em que só ela pagava todos os custos de uma estância.

Inovação e prêmio

A gaúcha Vipal Borrachas lançou, durante a Pneushow, em São Paulo, inovadora e inédita máquina para reforma de pneus com projeto e execução 100% próprios. É um equipamento especial para raspagem, processo no qual se remove a parte remanescente de cima do pneu, deixando-o com as dimensões corretas para ser reformado. A máquina tem capacidade de até 35 pneus/hora, resultando em produtividade muito superior ao que existe atualmente nos mercados brasileiro e internacional. A empresa também recebeu o Prêmio Pneushow Marcas Favoritas 2016, na categoria Bandas Pré-Moldadas.

Oncofertilidade

É cada vez maior o número de pacientes com câncer, especialmente, jovens, que buscam congelamento de espermatozoides ou embriões para preservar sua descendência. A oncofertilidade precisa ser feita antes de iniciar o tratamento contra o câncer, informa o médico urologista especialista em oncofertilidade do Centro de Reprodução Insemine, Alberto Stein.

Entrada zero

As incorporadoras, construtoras e imobiliárias estão incrementando suas campanhas para aumentar a venda de imóveis. A Cyrela Goldsztein está oferecendo imóveis de 2 e 3 dormitórios nas zonas Norte, Sul e Central sem entrada e mobiliados com móveis Dell Anno e eletrodomésticos da Colombo.

Residencial

A R.Correa Engenharia entregou, ontem, o Residencial Urbano São Luiz, no bairro Santana, com duas torres residenciais, com entradas independentes, 223 unidades de 1, 2 e 3 dormitórios, com opção suíte e todos com churrasqueira. Com 37 anos de atuação, a R.Correa consolida-se como uma das principais incorporadoras/construtoras gaúchas, com mais de meio milhão de metros quadrados de obras edificadas e entregues no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Festas 2016

A Associação Gaúcha de Empresas e Profissionais de Eventos realizará, nos dias 7, 8 e 9, a Festas 2016 – mostra de ambientes decorados e serviços para eventos, aproximando fornecedores, prestadores de serviço e produtos do público alvo. O setor de eventos é um dos mais promissores e gerador de milhões de empregos do País. Os mercados de noivas e debutantes são exemplos desse crescimento, uma vez que os casamentos já ultrapassaram a marca de 1 milhão por ano, e as debutantes, por sua vez, representam um mercado com potencial de 2 milhões de eventos ao ano. Será na Casa NTX.

Compra

O Aché Laboratórios, um dos maiores do País em medicamentos, comprou o laboratório Químico Farmacêutico Tiaraju, do Rio Grande do Sul, voltado à produção de fitomedicamentos. Com a aquisição, a companhia irá incorporar 12 novos produtos e também ingressará no segmento de nutricosméticos.

Danilo Ucha

Painel Econômico

Fonte : Jornal do Comércio

Compartilhe!