Justiça determina guarda compartilhada à pessoa curatelada
– 3 minutos atrás
A Justiça de São Paulo deferiu a guarda compartilhada e a convivência familiar à genitora, que é pessoa submetida à curatela em Ação de Divórcio. A mulher é pessoa com deficiência e submetida à curatela e o curador é o próprio marido. O casal tem dois filhos. A defensora Pública Cláudia Tannuri, vice-presidente da Comissão Nacional de Defensores …

Compartilhe!