Grão teve alta de 14,6% no período, encerrando o mês a R$ 50,03 a saca de 50 quilos; cotações estão fundamentadas na queda do volume colhido na safra 2015/2016

O preço do arroz em casca no Rio Grande do Sul subiu com força em junho, impulsionado pela demanda aquecida e pela baixa oferta, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O Indicador Esalq/Senar-RS, 58% grãos inteiros, teve alta de 14,6% no período, encerrando o mês a R$ 50,03 a saca de 50 quilos, no dia 30 – novo recorde real, em termos nominais, da série iniciada em setembro de 2005.

De acordo com o Cepea, com necessidade de repor estoques e atender aos pedidos dos grandes centros consumidores, indústrias do Sudeste e Centro-Oeste elevaram suas compras. A firme demanda no mercado beneficiado também foi determinante para que indústrias se mantivessem ativas na aquisição do casca.

Do lado vendedor, arrozeiros do Rio Grande do Sul consultados pelo Cepea permaneceram firmes nos valores pedidos pela saca do arroz em casca, fundamentados na queda do volume colhido na safra 2015/2016. A prorrogação do prazo de pagamento do custeio da safra 2014/2015, concedida em meados de junho, trouxe maior acomodação às ofertas de casca, com produtores aguardando novas altas nos preços.

Pixabay/Divulgação

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!