Juíza de SP aplicou ao caso a teoria do risco administrativo.

Compartilhe!