Julgamento será retomado com voto-vista do ministro Salomão, após o relator, Napoleão, ser a favor de nova intimação.

Compartilhe!