3ª turma do STJ rejeitou recurso que buscava anular uma nota promissória no âmbito de execução judicial.

Compartilhe!