TJ/SP considerou que foram ultrapassados os limites do direito de informar.

Compartilhe!