TRF da 4ª região manteve decisão contra a resolução da Anvisa que continha a proibição.

Compartilhe!