A segunda safra de milho do Brasil deve somar 49,38 milhões de toneladas na temporada 2015/16, uma quebra de 19,4 por cento ante a previsão inicial, devido à seca que atingiu importantes áreas produtoras, informou nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado.

A consultoria reduziu também a estimativa de produtividade média da safra do cereal de 5,97 tonelada para 4,5 tonelada por hectare, devido à estiagem, informou a Safras.

De acordo com a consultoria, se confirmada a previsão, haverá uma queda de 12,18 por cento ante as 56,27 milhões de toneladas produzidas na temporada anterior.


Reuters

Fonte: Famasul

Compartilhe!