Ação envolve 80 fazendas nos Estados da Bahia e Espírito Santo

cacau-fruta-chocolate (Foto: Alisson Fagundes/Ed. Globo)

A empresa espera alcançar 200 fazendas certificadas até 2019 (Foto: Alisson Fagundes/Ed. Globo)

A Cargill, maior empresa do agronegócio global, expandiu em 2015 seu programa de suporte e treinamento aos produtores de cacau no Brasil, relatou a empresa em relatório publicado nesta quarta-feira. Em 2014, eram 34 produtores contemplados pelo programa que oferece a certificação de sustentabilidade internacional UTZ ao cacau produzido no país. Em 2015, o número passou para 80 fazendas, cobrindo uma área superior a 10 mil hectares, distribuídos pelos Estados da Bahia eEspírito Santo.

Ainda foram apontados outros 75 produtores beneficiados por programas de treinamento e capacitação na região sul da Bahia. A empresa espera alcançar 200 fazendas certificadas até 2019.

Em setembro do ano passado, a Cargill realizou um investimento de US$ 440 milhões na compra dos ativos de processamento de cacau da norte-americana Archer Daniels Midland (ADM). O programa faz parte de um esforço da empresa em tornar o negócio de cacau mais rentável. O gerente de Originação de Cacau e Chocolate da Cargill, Rodrigo Melo, afirma que o projeto reflete a atuação da empresa em práticas sustentáveis. “A atuação responsável aliada às iniciativas públicas contribui para o avanço da produção nacional a fim de torná-la ainda mais competitiva no mercado nacional e internacional”, completa o executivo.

POR ESTADÃO

Fonte : Globo Rural

Compartilhe!