“Carta 33” renova esperanças da advocacia iniciante, na Bahia
– 6 horas atrás
Há dezessete anos, o recém-formado Maurício Góes decidiu anunciar à família que seria advogado, para espanto de sua mãe. “Como assim? Um garoto inteligente como você deveria optar fazer um concurso para juiz”. O cenário não mudou muito. As carreiras públicas continuam [relativamente] mais atrativas enquanto a advocacia é, cada vez mais, uma …

Compartilhe!