Documento enviado aos consumidores não fazia referência aos anos anteriores.

Compartilhe!