Segundo ministro, STF tem precedentes no sentido de que a simples arguição de suspeição não é suficiente para suspensão do feito principal.

Compartilhe!