Maioria dos ministros entendeu que dispositivos impuseram limites razoáveis à criação de novos partidos.

Compartilhe!