Participação do setor nos embarques cresceu para 31,7%, diz FEE

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Superávit comercial sobe 2,3 vezes em agosto
Exportação de milho não atingirá projeção da Conab, diz Cepea
O agronegócio foi o principal responsável pelo crescimento de 16,4% das exportações do Rio Grande do Sul em agosto. Os dados são da Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Hauser (FEE), órgão ligado ao governo do estado. 

No mês passado, o volume total embarcado cresceu 16,4%, apesar de a receita ter recuado 9,2%, para US$ 1,595 bilhão. O resultado levou o Rio Grande do Sul a ganhar participação nas exportações brasileiras – de 8,6% em 2014 para 10,3% – e ocupar a terceira posição no ranking de exportadores.

A agropecuária gaúcha registrou um aumento de 39,5% no volume de vendas e de 3,1% nos valores arrecadados. Com isso, o setor expandiu sua participação no total exportado pelo estado – de 27,9% em agosto de 2014 para 31,7% em agosto de 2015.

A soja em grão respondeu por 96,1% de tudo o que foi exportado pela agropecuária e por 30,5% das exportações totais do Rio Grande do Sul. O volume embarcado cresceu 40,9%. O total de grãos exportado de janeiro a agosto (7,9 milhões de toneladas) já é superior ao total exportado ao longo de todo o ano de 2014 (7,7 milhões de toneladas).

Apesar da retração de preço (-26,0%), as vendas externas de soja em grão apresentaram crescimento em valor de 4,2%.

Quanto aos países de destino, a FEE constatou que quase um terço de tudo o que foi exportado no mês foi para a China (32,3%), sendo que 87,2% do total foi soja em grão.

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!