Dos três senadores gaúchos, dois se posicionaram a favor do processo.
Senadora gaúcha foi a primeira a falar na sessão de mais de 20 horas.

Do G1 RS

Senadores RS Ana Amélia Lemos, Lasier Martins, Paulo Paim (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Senadores Ana Amélia Lemos, Lasier Martins e Paulo Paim (Fotos: Marcos Oliveira/Agência Senado)

 

Dois dos três senadores eleitos pelo doRio Grande do Sul se posicionaram favoráveis a continuidade do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A sessão de mais 20 horas  terminou no começo da manhã desta quinta-feira (12).

O plenário do Senado Federal aprovou às 6h34 a abertura do processo com placar de 55 votos a favor e 22 contra. Com a decisão, ela fica afastada do mandato por até 180 dias. Com o afastamento de Dilma, o vice Michel Temer assume a Presidência da República.

A senadora Ana Amélia Lemos (PP) foi a primeira a falar na sessão que avaliou a continuidade do processo de impeachment, ainda na manhã de quarta-feira (10). O segundo a falar foi senador Lasier Martins (PDT). Ambos se posicionaram a favor do processo. O último senador gaúcho a usar a tribuna foi Paulo Paim (PT), o único dos três que foi contra a admissibilidade do relatório feito pelo senador Antônio Anastasia (PSDB-MG).

Veja como votaram os senadores gaúchos:

Senadora Ana Amélia Lemos (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Senadora Ana Amélia Lemos (PP) votou a favor
(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Ana Amélia (PP-RS) – a favor
“Nós aqui não temos nenhuma alegria e satisfação de estarmos julgando um político. Esta é uma casa democrática.” “São graves os fatos imputados contra a presidente da República. Há, sim, enquadramento de provas para a admissibilidade do impeachment, para que a presidente se defenda. […] Encaminho meu voto favorável.”

Veja o vídeo do voto da senadora Ana Amélia Lemos

Senador Lasier Martins (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Senador Lasier Martins (PDT)  votou a favor
(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Lasier Martins (PDT-RS) – a favor
“Eu entendo que o Brasil está desejando a análise do conjunto da obra, como se convencionou chamar. Dilma lançou o Brasil no descrédito. Hoje nós estamos na América do Sul, apenas à frente da Venezuela. E a América do Sul possui dez países.”

Veja o vídeo do voto do senador Lasier Matins

Senador Paulo Paim (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Senador Paulo Paim (PT) votou contra
(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Paulo Paim (PT-RS) – contra
“Nunca vivi um momento tão constrangedor como esse. Uma presidente eleita pelo voto popular ser afastada de forma tão truculenta.” “Os senhores poderão ter uma vitória num certo momento, mas eu tenho dito, com a experiência que aprendi, que num parlamento ninguém sabe quem tem 54 votos ou 28 votos.” “Qual o governador não deu pedalada? Qual prefeito não deu pedalada?” “Os poetas são contra o impeachment, os artistas, as juventude…enfim, quem é que quer o impeachment? ”
Veja o vídeo do voto do senador Paulo Paim

Fonte : Globo

Compartilhe!